Gerenciador de Ambiente Laboratorial – GAL

O Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL) é um sistema informatizado desenvolvido para Laboratórios de Saúde Pública, aplicado aos exames e ensaios de amostras de origem humana, animal e ambiental, com padrão nacional, e desenvolvido de acordo com os protocolos do Ministério da Saúde.

Principais funções:

– Gerenciar e acompanhar as realizações das análises laboratoriais desde a sua solicitação até a emissão do laudo final.
– Gerar relatórios gerenciais e de produção nas Redes de Laboratórios de Saúde Pública.
– Gerar consultas e relatórios (específicos e epidemiológicos).
– Enviar resultados laboratoriais dos casos suspeitos ou confirmados para o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan).
– Subsidiar as tomadas de decisões pelas Vigilâncias nas esferas Nacional, Estadual e Municipal.
– Padronizar as informações dos laudos e pareceres técnicos.

O sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial – GAL tem como objetivo:

– Informatizar o Sistema Nacional de Laboratórios de Saúde Pública das Redes Nacionais de Laboratórios de Vigilância Epidemiológica e Vigilância em Saúde Ambiental, proporcionando o gerenciamento das rotinas, o acompanhamento das etapas para realização dos exames/ensaios e a obtenção de relatórios produção / epidemiológicos / analíticos nas redes estaduais de laboratórios de saúde pública.

– Enviar os resultados dos exames laboratoriais de casos suspeitos ou confirmados (positivos/ negativos) das Doenças de Notificação Compulsórias (DNC) ao Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan).

– Auxiliar nas tomadas de decisões epidemiológicas e gerenciais dos laboratórios de saúde.

– As amostras biológicas enviadas à Funed, em sua maioria, devem vir cadastradas no sistema GAL, o Serviço de Gerenciamento de Amostras Biológicas da Fundação é responsável por gerenciar as permissões dos usuários do sistema e os exames que deverão ser cadastrados.

Clique aqui e acesse o Manual de uso do sistema GAL.