Animais peçonhentos: temporada de acidentes

Verão: estação do calor, das chuvas e… dos animais peçonhentos. Nessa época do ano, cresce consideravelmente o número de acidentes com esses animais, sobretudo os escorpiões, que têm nesse clima quente e úmido o tempo ideal para sua proliferação e aparecimento.

A estação também favorece o aumento do número de insetos. Alguns deles, como as baratas, servem de alimento a escorpiões e aranhas, e contribuem ainda mais para o crescimento do número de animais peçonhentos.

Em caso de acidentes, é preciso manter a calma, deixar o membro picado pelo animal mais elevado em relação ao restante do corpo e procurar, o mais rápido possível, o serviço de saúde mais próximo. Lá, será feito o atendimento ou o encaminhamento do paciente para um serviço que seja referência em atendimento a picadas de animais peçonhentos.

O ideal, no entanto, é mesmo evitar esses encontros desagradáveis, com ações simples e eficazes. Assista ao vídeo abaixo e aprenda com a médica veterinária Juliana Cabral, responsável técnica do Serviço de Animais Peçonhentos da Funed, o que fazer para eliminar os focos de escorpiões e outros animais peçonhentos dentro das residências.

Veja mais notícias de: Destaque

Publicado em: 6 de fevereiro de 2019 - 16:05