Uso racional de medicamentos

 

Para alertar a população quanto ao uso correto e seguro dos medicamentos, o Conselho Regional de Farmácia de Minas Gerais (CRF/MG), em parceria com a Funed, realizou uma ação na rodoviária de Belo Horizonte, no dia 3 de maio, das 8h às 17h.

Durante a programação, farmacêuticos e estudantes do curso de farmácia orientaram a população sobre uso, controle, armazenamento e descarte dos medicamentos, além de realizar testes para aferição de pressão arterial, glicemia capilar, classificação do índice de massa corporal (IMC), peso, altura, dentre outros.

A equipe do Ciência em Movimento participou do evento, levando para a rodoviária exposições sobre serpentes, aranhas, abelhas, dengue e produção de soros. Servidores de Farmacovigilância da Fundação também participarão da programação. A farmacovigilância é importante numa ação como essas porque ela é o setor que lida com os eventos adversos no uso de medicamentos. E eventos adversos relacionados ao uso irracional de medicamentos podem ocorrer e precisam ser notificados ao Sistema Nacional de Vigilância Sanitária e às indústrias de medicamentos, pois as informações que são recebidas dessas notificações podem contribuir para a prevenção desses eventos junto aos profissionais de saúde e à população como um todo, resultando em uso correto e racional.

Outras 16 cidades do Estado também irão sediar a campanha, que conta com o apoio do SESC, instituições de ensino (faculdades e escolas de Farmácia), além de secretarias municipais de saúde e profissionais farmacêuticos.

Uso racional

O Dia Nacional pelo Uso Racional de Medicamentos foi instituído para conscientizar a população sobre os riscos da automedicação desassistida e a importância da prática do uso seguro e racional dos medicamentos que, no Brasil, é o principal agente causador de intoxicação no país, tendo sido registrados 6.880 casos de intoxicação medicamentosa em 2017, o que corresponde a 25% do total de ocorrências no ano.

 

Veja mais notícias de: Geral

Publicado em: 15 de maio de 2019 - 10:18