Funed recebe quatro milhões de doses de vacinas contra Meningite C

A partir da próxima terça-feira, (28/4), chega à Fundação Ezequiel Dias (Funed) quatro milhões de doses de vacinas contra a Meningite C para atender o Programa Nacional de Imunizações (PNI). A instituição é o único laboratório farmacêutico oficial do país responsável por fornecer ao Ministério da Saúde as vacinas e, para 2020, estão previstas a entrega de pelo menos 20 milhões de doses.

Para a produção do medicamento, a Funed possui uma parceria com o Laboratório GSK para a transferência de tecnologia do processo produtivo. Neste momento de restrição de transporte internacional por conta da pandemia do coronavírus, esse é um recebimento de uma quantidade maior de doses, de forma a permitir manter o fornecimento da vacina ao Ministério da Saúde. Segundo o diretor industrial da Funed, Bruno Pereira, “para que todos os lotes cheguem à instituição em segurança, a operação está sendo coordenada pela Funed junto a GSK, e conta com parceiras da BH Airport, Tora e do acompanhado pela Polícia Federal e pelo Batalhão de Operações Policiais”.

Em 10 anos, a Fundação entregou mais de 100 milhões de doses da vacina para ser distribuídas em todo país pelo PNI. Em 2019, foram entregues 15,4 milhões de doses da vacina. Esse número superou a maior entrega já efetuada até então, de 13 milhões de doses no ano de 2018.

Dia Mundial de Combate à Meningite

No Dia Mundial de Combate à Meningite (24/4) a Funed e o Laboratório GSK promoveram um evento virtual em que reforçaram a importância da vacinação como principal medida de prevenção para imunizar a população contra a meningite C.

Durante a abertura do evento, a gerente do Projeto de Transferência de Tecnologia da Vacina Meningocócica da Funed, Shirley Lasmar, reforçou o tema da campanha do Dia Mundial de Combate à Meningite, “derrotar a meningite”. O objetivo é reduzir os números de casos e mortes, prevenir epidemias e proporcionar suporte e alerta para políticas públicas aplicáveis, com campanhas de vacinação e informação.

A meningite é uma doença severa que pode levar ao óbito rapidamente em apenas 24 horas. Segundo a gerente Shirley Lasmar, a vacina é ainda a melhor forma de se proteger e não disseminar a doença. “É muito importante conscientizar o poder público para garantir o acesso da população às vacinas. O PNI é um dos programas em saúde pública mais bem sucedidos no mundo, o que fortalece o SUS (Sistema Único de Saúde) enquanto patrimônio nacional”, afirmou Shirley Lasmar.

Os resultados da inclusão da vacina Meningocócica C no Calendário Nacional de Vacinação comprovam os reflexos positivos da adoção da política de saúde com foco na prevenção. Entre 2010 e 2019, o número de casos da doença reduziu em 81%.

O evento virtual foi realizado em parceria com o Laboratório GSK e contou também com a participação do Ministério da Saúde, da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Quem perdeu a transmissão do evento ao vivo, pode assisti-lo aqui. 

Por Priscilla Fujiwara