Casos e curiosidades #3: a Funed já fez atendimento médico ao público

Na coluna Casos e Curiosidades de hoje você vai saber quando a Funed já fez atendimento médico ao público

Nos dias de hoje, muitas pessoas pensam que a Fundação Ezequiel Dias (Funed) faz atendimento médico e laboratorial presencial ao público, mas isso não acontece. Os atendimentos feitos ao público na Fundação são voltados ao ensino e à divulgação científica, como as visitas à biblioteca, ao  serpentário e as que ocorrem por meio do programa Portas Abertas.

A Funed presta diversos serviços, como diagnósticos de doenças, análise de águas e de outros produtos, além da produção de medicamentos, mas a população não tem contato direto com a Funed. Esse contato é feito por outros entes da saúde (secretarias municipal e estadual, Ministério da Saúde e demais prestadores).

No entanto, há muitos anos, por volta da década de 1920, a Funed já teve um posto de atendimento médico ao público, no tempo em que ela ainda era conhecida como Instituto Ezequiel Dias. Nessa época, existiam tantas necessidades de saúde pública que esse trabalho era feito conjuntamente com a pesquisa científica, a produção de vacina e a análise laboratorial.

Esse atendimento era feito exclusivamente em casos de acidentes com animais peçonhentos, especialmente com cobras e escorpiões. Belo Horizonte ainda era uma capital em construção e as diversas obras que aconteciam na cidade, associadas à vegetação, favoreciam o aparecimento desses animais.

Na primeira metade do século passado a Funed já fez atendimento médico ao público. Foto: acervo Funed

No início do século passado a Funed já fez atendimento médico em caso de acidentes com animais peçonhentos. Foto: acervo Funed

Há muito tempo a Funed não presta mais esse tipo de atendimento. Hoje, ele é feito pelo Hospital João XXIII, que é referência no atendimento a casos de acidentes com animais peçonhentos e faz parte da Fundação Hospital do Estado de Minas Gerais (Fhemig).

Confira outros casos e curiosidades que fazem parte da história dos 113 anos da Fundação. Saiba o que trouxe Ezequiel Dias a Minas Gerais e como a biblioteca da Funed contribuiu para a construção da Faculdade de Medicina.