Comissão de Integridade da Funed apresenta novo programa

Nesta segunda-feira (23/10), a Comissão de Integridade da Fundação Ezequiel Dias (Funed) apresentou, para um auditório repleto de servidores das mais diversas áreas da Casa, o Programa de Integridade 2023/2025. O evento contou com a presença do presidente da Funed, Felipe Attiê, do controlador Seccional, Aldemir Guimarães, e da subcontroladora de Transparência e Integridade do estado de Minas Gerais (CGE-MG), Soraia Dias, que se mostrou honrada em estar na Funed novamente, principalmente pelo fato dela ter sido a primeira instituição do estado a publicar o seu programa de integridade, em 2018.

“A Política Mineira de Promoção da Integridade é reconhecida hoje nacionalmente e a Funed leva a marca de ter sido o primeiro órgão a fazer a divulgação de seu programa. Nós sentimos agora que estamos mais fortalecidos, que os conceitos estão mais estruturados e enraizados nas instituições e que então podemos falar de consolidação dessa cultura e de construção de um ambiente de integridade”, reforçou a subcontroladora. Soraia Dias frisou ainda a importância de todos lerem e conhecerem o novo programa da Funed, para contribuírem com ações que possam consolidar a cultura de integridade na instituição.

O controlador Seccional Aldemir Guimarães aproveitou a ocasião para parabenizar as pessoas que trabalharam no desenvolvimento do novo plano de Integridade e também desafiar todos aqueles que irão trabalhar na sua implementação. “O programa representa uma sistematização de várias questões que muitas vezes nós já fazemos e de processos que devem ser aperfeiçoados. Por isso, o lançamento do novo Programa é uma guinada institucional, que depende do empenho de cada servidor, para que possamos chegar nos próximos eventos trazendo bons números, bons indicadores e um ambiente de integridade”, destacou.

Palestra sobre Integridade
O evento contou ainda com a palestra “Integridade na formação dos indivíduos e seus impactos nas atividades profissionais”, ministrada pelo diretor de Administração e Finanças da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), Lincoln Farias. Em sua fala, o diretor reforçou que o que molda as instituições são as pessoas e que, para isso, o combate à corrupção é essencial. “Cerca de 75% das nossas decisões são inconscientes. Portanto, é preciso estarmos sempre em vigilância e trabalhar para criar uma cultura de confiança nas pessoas”, pontuou.

No evento, também foi feita a apresentação da nova ouvidora da Fundação, Sandra Costa, o lançamento do edital da Cipa da Funed , e a apresentação dos integrantes do Comitê de Ética, que são: Meiri Ana Moreira Castro Silva, Micheli Fonseca Lima, Natália Toledo, Valezia Oliveira Barbosa e Milton Cabral de Vasconcelos Neto.

Para a assessora-Chefe da Assessoria de Gestão e Integração Institucional e também integrante do Grupo de Trabalho da Integridade, Helen Aquino, o trabalho está apenas começando, uma vez que agora a implementação e monitoramento do programa serão colocadas em prática. “A sensibilização e participação efetiva dos servidores foi essencial em todas as etapas e nesta não poderia ser diferente. Nós temos dois anos para implementar as ações do programa e o nosso papel, enquanto Comissão de Integridade, é o de promover e fortalecer essa cultura dentro da Funed, destaca.

Veja mais notícias de: Destaque

Publicado em: 25 de outubro de 2023 10:47

Última atualização: 25 de outubro de 2023 10:48