Biblioteca

 

Em 1907, foi inaugurada em Belo Horizonte, por Ezequiel Caetano Dias, a primeira filial do Instituto Manguinhos do Rio de Janeiro, atual Fundação Ezequiel Dias – Funed. Concomitante, nascia uma das primeiras bibliotecas científicas do Estado Minas Gerais.

O acervo era excepcionalmente rico, pois Ezequiel garimpava obras em antiquários europeus e arrematava exemplares em leilões no Rio de Janeiro e no exterior. Além disso, assinava e recebia revistas de todas as partes do mundo, principalmente da Alemanha e França, berços do desenvolvimento científico. A coleção ímpar, com cerca de 20 mil volumes, era referência para estudantes, professores e pesquisadores da área médica.

Durante mais de cem anos de existência, a Funed acumulou informações valiosas a respeito da história da saúde pública. Em 2001, a biblioteca passou por uma reestruturação, na qual o antigo acervo foi incorporado ao moderno. Atualmente, o Serviço de Informação Científica, Histórica e Cultural da Funed, vinculado à Divisão de Extensão e Divulgação Científica da Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento, tem características de uma biblioteca especializada em saúde pública.

A biblioteca da Funed está aberta ao público, de segunda à sexta-feira, de 7:30h às 17h.


ACERVOS E COLEÇÕES

O acervo reúne uma coleção de livros científicos e técnicos, manuais, dicionários, periódicos científicos, relatórios institucionais, catálogos, informes técnicos, documentos iconográficos, objetos tridimensionais, banco de separatas e teses. Dentre as coleções doadas, podemos destacar o acervo do Professor Carlos Ribeiro Diniz, dos pesquisadores Montes Oca, Evandro de Barros, Lívio Renault e do próprio Ezequiel Dias.

Atualmente, a Biblioteca da Funed possui 76 mil volumes. Destacam-se obras raras, como os principais livros de ciência básica e os grandes tratados de Microbiologia, Anatomia, Histologia, Zoologia e Botânica (dez volumes da Flora Brasiliense de Von Martius). A coleção completa de Hipócrates, traduzida por Litré, além dos periódicos nacionais como o Brasil Médico, a Gazeta Médica da Bahia, O Hospital e outros latinos como o La Semana Médica, completam a coleção de raridades.


SERVIÇOS

A Biblioteca da Funed é a área responsável pela captação, guarda, preservação e difusão da memória institucional. Dentre os diversos serviços prestados, podemos destacar:

  • Preservação da memória da Fundação Ezequiel Dias;
  • Preservação da história da saúde pública;
  • Auxílio à pesquisa bibliográfica;
  • Normalização de trabalhos;
  • Orientação quanto ao uso de fontes bibliográficas;
  • Serviço de informação por telefone;
  • Consulta local;
  • Localização de documentos usando o Catálogo Coletivo Nacional de Publicações Seriadas (CCN);
  • Obtenção de documentos;
  • Intercâmbio entre bibliotecas;
  • Restauração do acervo.

INCLUSÃO DIGITAL

A Biblioteca da Funed dispõe de um laboratório de informática, equipado com 20 computadores para atendimento aos usuários, com acesso à internet e base de dados do Brasil e exterior.


EXPOSIÇÃO PERMANENTE

Em 2007, a Biblioteca expandiu seu espaço e inaugurou a réplica do laboratório de Ezequiel Dias, composto por peças tridimensionais, acervo próprio da Instituição. Através de documentação fotográfica e relatos de antigos funcionários, foi possível reproduzir o laboratório de época do Instituto.

Atualmente, o Museu exibe equipamentos, mobiliários, painéis e documentos históricos, resgatados por meio de um elaborado trabalho de pesquisa e coleta de materiais, dentro da própria instituição.

Assista ao vídeo sobre o Laboratório de Bacteriologia do Ezequiel Dias:


INFORMAÇÕES PARA CONTATO

Telefones (31) 3314-4650 / 4651 / 4652.

Anna Maria Leite: anna.andrade@funed.mg.gov.br

Fabiana Melo Neves: fabiana.neves@funed.mg.gov.br

Delma Aparecida do Carmo: delma.carmo@funed.mg.gov.br

EnglishPortuguêsEspañol