Nota da Funed sobre o rompimento da barragem de Brumadinho

O trabalho da Fundação Ezequiel Dias na atenção às populações atingidas

A Funed, instituição vinculada ao Sistema Único de Saúde (SUS) que atua em vigilância sanitária e ambiental e em vigilância epidemiológica, está alerta para contribuir com o trabalho de atendimento às populações atingidas pelo rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho – MG.

Na vigilância sanitária e ambiental, a Fundação, através do Instituto Octávio Magalhães, está realizando a análise da água do Rio Paraopeba e também de outras fontes de abastecimento próximas ao rio (cisternas, poços artesianos, rede de abastecimento, caminhão pipa).

As amostras são colhidas pela equipe de vigilância do Estado ou Municípios envolvidos e enviadas para análise, na Funed, das características microbiológicas, fisico-químicas e composição de metais. O objetivo da análise é avaliar o nível de contaminação do Rio Paraopeba com a lama de rejeitos e também avaliar a possível contaminação de outras fontes de abastecimento de água próximas à margem do rio e demais localidades atingidas pelo percurso da lama.

As amostras já começaram a chegar à Funed, que mantém suas equipes de prontidão para atender às demandas do Estado e, uma vez mais, contribuir para o fortalecimento do SUS, protegendo e promovendo a saúde da população.

Rompimento da barragem de Brumadinho. Foto: PR

Published in: 31 de janeiro de 2019 - 15:37