Seminário: desenvolvimento farmacêutico para novas propostas terapêuticas

O próximo seminário do Mestrado em Biotecnologia da Fundação Ezequiel Dias (Funed) será com a pesquisadora Sílvia Ligório Fialho, docente do curso e diretora de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD) da Fundação. O tema apresentado será desenvolvimento farmacêutico na viabilização de novas propostas terapêuticas, através da pesquisa e desenvolvimento de sistema de liberação de fármacos, linha estudada pelo grupo de pesquisa liderado pela pesquisadora.

O seminário será na próxima segunda, 1/4, às 13h, no auditório da DPD.

Entenda a linha de pesquisa

  • O que é um sistema de liberação de fármacos?

É um termo utilizado para definir a forma ou o mecanismo pelo qual o fármaco é disponibilizado no organismo. São sistemas especialmente desenvolvidos para possibilitar um melhor aproveitamento do fármaco após sua administração, como por exemplo melhorando a biodisponibilidade, reduzindo o número de doses e os efeitos indesejáveis.

  • Quais pesquisas já foram realizadas?

O grupo de pesquisa desenvolve projetos nas linhas de sistemas implantáveis e nanoestruturados para aplicação ocular (desenvolvimento e avaliação clínica de implantes poliméricos e nanopartículas biodegradáveis para aplicação no tratamento de doenças do segmento posterior do olho), adjuvantes para soros e vacinas (novos adjuvantes para imunização de animais e produção de soros e também para aplicação em vacinas humanas e veterinárias) e sistemas poliméricos para o tratamento de câncer (sistemas poliméricos biodegradáveis tais como implantes e nanopartículas e a avaliação de sua eficácia em modelos de tumores in vitro e in vivo)

  • E quais os resultados obtidos?

Até o momento, mais de 70 artigos científicos já foram publicados pelo grupo, 15 patentes foram depositadas e 16 prêmios foram concedidos, todos relacionados ao tema. Destaca-se também a realização e publicação de um estudo clínico com 10 pacientes, de um sistema de liberação controlada de dexametasona para aplicação intravítrea, visando o tratamento de edema macular secundário a oclusão de veia da retina.

Nayane Breder

 

Veja mais notícias de: Destaque

Publicado em: 28 de março de 2019 - 10:28