PARA A FUNED COMPLETAR
110 ANOS DE HISTÓRIA E AVANÇOS QUE
CONTRIBUEM PARA A SAÚDE PÚBLICA DO PAÍS !
Fazenda Experimental São Judas Tadeu

A Fundação Ezequiel Dias (Funed) tem uma fazenda experimental que possui 200 hectares de área, sendo 140 hectares de reserva florestal, 20 de capineiras, 20 de pastagens e 20 de estradas e construções, sete nascentes de pequenos riachos, uma infraestrutura de laboratório de produção de plasma hiperimune, galpão de serviços, quatro casas, um alojamento para até 24 funcionários, maquinários e implementos agrícolas e equipamentos de produção de plasma.

IMG_9425

São 153 equinos, sendo 116 destinados à produção e o restante dividido em animais de montaria, reprodução, carroça e potros em crescimento. Possuímos também 25 ovinos destinados à pesquisa e à produção de sangue para o Setor de Meio de Cultura do Instituto Otávio Magalhães.

IMG_9428

Produz plasma hiperimune para a fabricação de soros antiofídico, antiescorpiônico, antitetânico e, antirrábico. Estes soros são, depois, enviados ao Ministério da Saúde, que faz a distribuição para todo o país.

A produção de soros da Funed visa o atendimento ao Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde. Anualmente é firmado convênio com o Ministério quando é definido o quantitativo a ser produzido pelos laboratórios oficiais, como é o caso da Funed.

Os soros produzidos pela Funed são oito, sendo eles:

Antibotrópico, anticrotálico, antibotrópico-crotálico, antibotrópico-laquético, antielapídico, antiescorpiônico, antitetânico e antirrábico.

Para que tipo de animal:

• ANTIBOTRÓPICO: usado em casos de envenenamento por jararacas (Gênero Bothrops);

• ANTICROTÁLICO: usado em casos de envenenamento por cascavel (Gênero Crotalus);

• ANTIBOTRÓPICO/CROTÁLICO: para os casos de picadas por jararacas ou cascavéis;

• ANTIBOTRÓPICO/LAQUÉTICO: usado em casos de envenenamento por surucucu (Gênero Lachesis) e jararacas (Gênero Bothrops);

• ANTIELAPÍDICO: usado em casos de envenenamento por corais verdadeiras (Gênero Micrurus);

• SORO ANTIESCORPIÔNICO: usado nos casos e envenenamento por qualquer espécie de escorpião (Gênero Tytius)

• SORO ANTITETÂNICO: é eficaz para a neutralização das toxinas secretadas pelo bacilo tetânico (Clostridium tetani).

• SORO ANTIRRÁBICO: indicado em casos de ferimentos graves provocados pela mordedura de animal suspeito.

 soro

A fazenda possui duas lagoas e sete nascentes. Além das atividades de produção, trabalha também com conscientização e educação ambiental, organiza treinamentos de prevenção a incêndios, preservação de mananciais e regeneração de áreas degradadas junto à comunidade do município de Betim/MG. A Fazenda já produziu mais de cinco mil mudas que foram plantadas na área e no seu entorno. Fica a 35 km da Fundação e foi reconhecida como a Primeira Floresta Estadual de Minas Gerais, em 2001. São no total, 14 funcionários, que trabalham no processo de produção de plasma e na parte agrícola.