Febre tifoide

 

Descrição do serviço: análise para diagnóstico laboratorial de febre tifoide – doença bacteriana aguda, de distribuição mundial, associada a baixos níveis socioeconômicos, principalmente em áreas com precárias condições de saneamento, higiene pessoal e ambiental, causada pela bactéria Salmonella enterica, sorotipo Typhi (S. Typhi), bacilo gram-negativo da família Enterobacteriaceae.

Duas formas de transmissão são possíveis:

Direta − pelo contato direto com as mãos do doente ou portador.

Indireta − relacionada à água e aos alimentos, que podem ser contaminados pelas fezes ou urina do doente ou portador. A contaminação dos alimentos ocorre, geralmente, pela manipulação de portadores ou pacientes oligossintomáticos (com manifestações clínicas discretas).

O diagnóstico é realizado por meio de: isolamento e identificação do agente etiológico, nas diferentes fases clínicas, a partir do sangue (hemocultura) e fezes (coprocultura).

Os exames realizados na Funed para o esclarecimento diagnóstico de casos suspeitos de Febre Tifoide são:

Coprocultura – é a cultura para pesquisa de bactérias em amostras de fezes. É considerada padrão ouro para diagnóstico, por ter alto grau de especificidade. Tem como objetivo o isolamento da bactéria para identificação da espécie e realização do teste de sensibilidade (antibiograma).

Hemocultura − é a cultura para pesquisa de bactérias em amostras de sangue. É considerada padrão ouro para diagnóstico, por ter alto grau de especificidade. Tem como objetivo o isolamento da bactéria para identificação da espécie e realização do teste de sensibilidade (antibiograma).

Teste de sensibilidade (antibiograma) – Um antibiograma é um ensaio capaz de medir a susceptibilidade ou resistência de uma bactéria aos antibióticos por meio do espectro de sensibilidade observados na placa de cultura. É, por definição, um teste de sensibilidade in vitro.

Mais informações sobre os procedimentos técnicos para coleta de amostras, fluxos laboratoriais, informações sobre conservação e transporte de amostras, bem como detalhamento sobre os principais exames realizados para diagnóstico das meningites bacterianas e meningococcemia, encontram-se no manual de coleta, acondicionamento e transporte de material biológico disponível no site da Funed no link Publicações>Manuais.

Valor do serviço: gratuito

Órgãos responsáveis: Funed, Secretaria Estadual de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde.

Quem pode utilizar este serviço: todos os usuários do SUS, desde que respeitados os critérios clínicos e epidemiológicos da doença.

Como utilizar o serviço:

1ª etapa: no aparecimento dos primeiros sintomas, o usuário do SUS deve procurar uma unidade de saúde.

2ª etapa: confirmada a suspeita da doença por um profissional de saúde, este irá solicitar o exame.

3ª etapa: a coleta será realizada pela unidade de saúde e o material coletado (fezes in natura ou swab fecal em meio cary-blair ou swab retal em meio cary-blair e/ou hemocultura) será encaminhado à Funed.

4ª etapa: a Funed irá realizar o exame e disponibilizará o resultado via sistema de informação (GAL) para a unidade de saúde solicitante.

5ª etapa: procurar a unidade de saúde onde foi realizada a coleta para buscar o resultado (a responsabilidade da entrega do resultado é da unidade de saúde solicitante).

Quanto tempo leva: A partir do dia em que a amostra é entregue na Funed, os resultados dos exames de hemocultura serão liberados em até 13 dias úteis, e os de coprocultura em até 16 dias úteis.

Em caso de alguma adversidade ou necessidade de realizar algum exame extra para esclarecer o diagnóstico, este prazo poderá sofrer alterações.

Legislação/documentos: Ficha de notificação/investigação de febre tifoide do sistema de informação de agravos de notificação (SINAN).

Dúvidas frequentes:

A Funed faz coleta de amostras?

Não, a coleta de amostras para os exames realizados pela Funed é realizada nas unidades de saúde.

A Funed recebe fezes in natura com mais de 24 horas contados a partir da data da coleta?

Não. Caso não seja possível encaminhar a amostra de fezes in natura no mesmo dia da coleta, introduzir o swab nas fezes colhidas em frasco estéril e acondicionar o swab no meio de transporte Cary-Blair (viabilidade de até 7 dias sob refrigeração).

A Funed entrega resultados de exames?

Não, o resultado dos exames é entregue pela Funed via sistema de informação (GAL) para a unidade de saúde solicitante.