Notícias e Destaques

Pint of Science: Pesquisadores da Funed falam sobre saúde pública em bares

Que temas você debate em uma mesa de bar? Certamente os assuntos são muitos, mas o festival internacional de divulgação científica Pint of Science mostra que ciência, tecnologia e inovação também podem render boas conversas nos botecos da cidade. O Festival – pelo terceiro ano consecutivo em Belo Horizonte e presente em outros 21 países – ocorre em cinco bares da capital, de 14 a 16 de maio, das 19h30 às 21h.

Nesta edição do Pint, três pesquisadores da Funed participarão do evento e discutirão temas relevantes para a saúde pública. No dia 14/5, Valéria Regina Martins Vieira, chefe do Serviço de Análise de Rotulagem, do Instituto Octávio Magalhães (IOM), vai participar do debate com o tema A caixa preta dos alimentos: rótulos e embalagens, no bar Filé Espeto & Cia, na região da Pampulha. No dia 15/5, Felipe Campos de Melo Iani, Referência Técnica do Laboratório de Biologia Molecular (IOM), vai discutir a temática Cadê o vírus que estava aqui?: vírus e mutação, na Cafeteria MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal Praça da Liberdade. Quando a comida é uma ameaça: alergias e intolerâncias alimentares será o assunto abordado no dia 16/5, na Cantina do Lucas (no Edifício Maleta), por Cláudia Aparecida de Oliveira e Silva, pesquisadora em Saúde e Tecnologia do Serviço de Química/Laboratório de Química Bromatológica da Fundação.

Em Minas, o evento é uma realização do Programa de Popularização da Ciência (PopCiência) da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas gerais (Fapemig). “A participação da Funed neste festival reforça sua importância como propulsora da divulgação científica e da promoção da saúde pública em Minas Gerais”, declara o presidente da Fundação, Vanderlei Machado.

A história do Pint of Science

A ideia surgiu depois que dois pesquisadores do Imperial College London, Michael Motskin e Praveen Paul, organizaram um evento chamado Encontro com Pesquisadores, em 2012. Nesse encontro, pessoas com Alzheimer, Parkinson, doenças neuromusculares e esclerose múltipla foram convidadas para conhecer os laboratórios dos cientistas e ver de perto o tipo de pesquisa que realizavam.

A experiência foi tão inspiradora que a dupla decidiu propor um evento em que os pesquisadores pudessem sair das universidades e institutos de pesquisa para conversar diretamente com as pessoas e assim, em maio de 2013, surgiu o Pint of Science. De lá para cá, o evento cresceu – em 2018, serão 21 países – e a meta é ampliá-lo cada vez mais.

Neste ano, o total de cidades será ainda maior, com representantes de todas as regiões do país, e mais temas serão abordados. O que não muda é que os coordenadores e cientistas participantes do festival não recebem remuneração – a ideia é compartilhar e debater o conhecimento de forma voluntária – e os bares e restaurantes que cedem seu espaço não cobram entrada. O público paga apenas o que consumir. Confira a programação completa do evento.

Prestigie os pesquisadores da Funed:

14/5 – segunda-feira: A caixa preta dos alimentos: rótulos e embalagens – 19h30 às 21h
Local: Filé Espeto & Cia Av. Fleming, 271 – Ouro Preto. (Valéria Regina Martins Vieira)

15/5 – terça-feira: Cadê o vírus que estava aqui: vírus e mutação – 19h30 às 21h
Local: Cafeteria MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal Praça da Liberdade, s/n – Funcionários, Belo Horizonte. (Felipe Campos de Melo Iani)

16/5 – quarta-feira: Quando a comida é uma ameaça: alergias e intolerâncias alimentares – 19h30 às 21h
Local: Cantina do Lucas (Edifício Maleta – Av. Augusto de Lima, 233 – Loja 18/19 – Centro. (Cláudia Aparecida de Oliveira e Silva).

pint_science_site

Publicado em 08/05/2018 às 12:05.