Notícias e Destaques

Funed participa da 63ª reunião anual da Sociedade Brasileira de Genética

Quatro projetos desenvolvidos no laboratório do Serviço de Biologia Celular da Fundação Ezequiel Dias, sob a coordenação da Dra. Luciana Silva, serão apresentados na 63ª reunião anual da Sociedade Brasileira de Genética. O evento acontece entre os dias 12 e 15 de setembro, em Águas de Lindóia (SP).

O tema deste ano é “Coding and noncoding DNA”. De acordo com o portal do Congresso “o evento se propõe a discutir os desenvolvimentos mais recentes envolvendo DNA e RNA codificantes e não codificantes (como microRNAs, longos RNAs não codificadores e RNAs circulares)”.

Segundo o bolsista Bryan Perez, autor de um dos projetos, apresentar seu estudo neste congresso é uma grande oportunidade. “Expor o meu trabalho em um evento internacional trará visibilidade a minha pesquisa que é de importante relevância, uma vez que os RNA’s não codificantes, possuem importantes papéis na origem e progressão do tumor, e principalmente nos eventos associados às metástases”, afirma. “Espero realizar um network durante a minha passagem pelo congresso, para que isso contribua com a minha formação”, acrescenta.

“A participação no congresso é extremamente importante para nós pesquisadores estarmos atualizados com as mais recentes descobertas científicas, aprender novas tecnologias e trocar experiências com os mais diversos pesquisadores da área de renome nacional e internacional”, conta Luciana. De acordo com ela, a experiência permite também que o aluno crie sua rede de contatos que serão úteis ao longo da sua formação e que abrem a possibilidade de ter o trabalho exposto em um evento de grande alcance. “O meu crescimento profissional se, em boa parte, a participação nesses eventos que nos ensinam muito”, complementa.

 Conheça os projetos:

 1- Participation of non-coding RNA (ncRNA’s) in the Epithelial-Mesenchymal Transition mechanism (EMT) in cell lines of human tumors

 Autores: Bryan Ôrtero Perez Gonçalves, Letícia da Conceição Braga, Sílvia Ligório Fialho, Luciana Maria Silva

Resumo: Estudos têm relacionado à alta expressão de RNAs não-codificantes (ncRNAs) com a progressão de diversos tipos de tumores. O objetivo deste estudo é compreender a participação desses RNAs em linhagens celulares derivadas de tumores. Além disso, fornecer um modelo in-vitro para a participação da droga everolimo nos processos de metástase, uma vez que este medicamento foi descrito na literatura como um indutor deste fenômeno, embora também seja usado no tratamento de alguns tipos de cânceres. Nossos resultados fornecem forte suporte para a existência de RNAs atuando na carcinogenese. E que everolimo possui importante papel sobre as linhagens celulares de trabalho

 2-Three-dimensional cellular arrangement in epithelial ovarian cancer cell lines TOV-21G and SKOV-3 is associated with miRNAs expression modulation related to apoptosis.

Autores: Aline Brito de Lima, Luciana Maria Silva, Nikole Gontijo Gonçales, Maria Raquel Santos Carvalho, Agnaldo Lopes da Silva Filho, Letícia da Conceição Braga.

Resumo: Câncer de ovário (CO) é o câncer ginecológico mais letal e a falta de marcadores de quimiorresistência contribui para a alta mortalidade. O objetivo deste estudo é investigar microRNAs (miR) relacionados à apoptose em linhagens de CO e em tumoresferas, modelo de cultivo in vitro de células tronco do câncer (CSC). SKOV- 3 tumoresferas (ST) apresentou maior proporção de células CD24+/high, CSC em CO, relacionadas com quimiorresistência. Além disso, a subexpressão de miR-26a, miR-125b-5p, miR-17-5p e miR-221 em ST indica o potencial uso destes como marcadores de quimiorresistência.

3- Evaluation of expression profile TNFRSF10D / TRAIL-R4, TRAF2, TANK, RIP and NFKB1 genes and their participation in cisplatin susceptibility/resistance mechanisms in ovarian tumors cell lines (TOV-21G and SKOV-3).

Autores: Nikole Gontijo Gonçales, Luciana Maria Silva, Aline Brito de Lima, Agnaldo Lopes da Silva Filho, Letícia da Conceição Braga.

Resumo: O câncer de ovário representa 3% do total da incidência dos cânceres nas mulheres. Apesar da pequena taxa de incidência, este câncer apresenta uma alta taxa de mortalidade. O CO é uma doença caracterizada por grande heterogeneidade, e o estudo da biologia desses tumores é de grande importância. Nosso estudo avalia a expressão de genes em três linhagens celulares de tumores de ovário com diferentes características. Estes genes estão envolvidos numa via de sinalização que pode levar a célula à morte ou sobrevivência quando exposta ao quimioterápico. Os dados obtidos podem ser de grande importância para o entendimento dos mecanismos relacionados a quimioresistência adquirida por estas células, ou até mesmo a descoberta de biomarcadores para futuro uso na prática clínica.

4- STAT3 como um promissor biomarcador associado com a subpopulação celular CD44+/high/CD24-/low/ALDH+ obtida de uma linhagem celular de câncer de mama triplo-negativa.

Autores: Milene Pereira Moreira, Letícia da Conceição Braga, Geovanni Dantas Cassali, Luciana Maria Silva

Resumo: Um grande obstáculo à erradicação do câncer de mama é a recorrência da doença. As células cancerosas residuais são enriquecidas de células-tronco do câncer de mama após a quimioterapia, sendo estas implicadas na resistência, metástase e recidiva. Células CD44+/high/CD24-/low/ALDH1+, obtidas da linhagem celular de câncer de mama triplo-negativa BT549, apresentaram super-expressão dos genes MAPK3, PRKCZ e STAT3 após exposição à doxorrubicina. STAT3 apresentou maior nível de super-expressão destacando-se assim, como biomarcador relacionado com resistência a doxorrubicina.

Texto: Isabela Martins

Publicado em 13/09/2017 às 8:49.